Conectado com o Sínodo: Seminário Internacional sobre a realidade juvenil


Data da Postagem: 12 de Stembro de 2017

Entre os dias 11 e 15 de setembro, a Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos promove em Roma-Itália,  Seminário Internacional sobre a situação juvenil, em vista da XV Assembleia Geral Ordinária que se realizará em outubro de 2018, com tema: Os jovens, a fé e o discernimento vocacional.

O Seminário se desenvolverá em grupos de trabalhos, constituídos por bases linguísticas.  Alguns especialistas de diversas áreas provenientes de vários países foram convidados. Alguns jovens também foram criteriosamente convidados, para que pudessem contribuir e enriquecer as discussões. O Seminário tem a finalidade de favorecer uma ampla reflexão sobre a realidade juvenil no mundo. Se espera com esse encontro entre especialistas e jovens,   que surjam informações sobre as particularidades e pareceres da Juventude, essas “respostas” e opiniões ajudarão na preparação do Sínodo.

Delegação Brasileira

Alguns representantes do Brasil foram convidados para esse Seminário, entre eles, Pe. Zezinho, SCJ; pe. João Chagas, do Pontifício Conselho para os Leigos; Pe. Alexandre Awi Mello, ISch, secretário do Dicastério para os Leigos, Família e Vida; um jovem da Comunidade Católica Shalom; e o jovem Lucas Galhardo, da Coordenação da Pastoral Juvenil Nacional- CEPJ-CNBB, membro do Movimento de Schönstatt.

Para Lucas, estar nesse seminário é motivo de grande alegria, pois, poderá levar a realidade brasileira à preparação do Sínodo, no primeiro dia de trabalho o tema foi sobre os jovens e sua identidade, e Lucas nos contou um pouco mais: “hoje em dia, com a velocidade da informação, das coisas, principalmente a evolução tecnológica que é muito rápida, eu sinceramente  acho que a tecnologia até está um pouco rápida demais para as pessoas. Acho que elas não estão educadas devidamente para acompanhar tudo isso para uma vida saudável de todos. Então por isto que eu acho que este é um dos desafios de se encontrar esta identidade. Porque além desta mudança tecnológica, cada vez mais as coisas estão sendo individualizadas, está faltando um pouco  da vida…, da convivência pessoal, da troca de valores pessoais, e isto interfere significativamente no desenvolvimento humano e acho que isto é um grande motivo que gera tantos problemas de suicídios, de depressões, e este número vem aumentando.”

Delegação Brasileira

Marina Maria, jovem brasileira e Leandro (Argentina) do Movimento dos Focolares também estão participando do Seminário e nos enviaram sua impressão desses primeiros dias. “Uma palavra que ficou em nossos corações: abertura! Apertura da Igreja para com os jovens de todo o mundo (cristãos, ateus, agnósticos, jovens que estão distantes da Igreja, todos!), abertura para escutar a todos e caminhar juntos ao desenvolvimento humano. A Igreja está dando voz aos jovens e gostaria muito de ouvi-los (não para transformar todos em católicos, mas ajudá-los a desenvolver seus dons para o bem da humanidade). Nos recordaram o Papa Francisco que fala do abraço, abraçar a todos e escutá-los, porque os jovens tem coisas a dizer e ninguém deve se sentir excluído. Era muito forte para nós ouvir:’os jovens venceram o mal porque neles vive a Palavra de Deus, são a própria Palavra de Deus’. No primeiro momento, foi evidenciada a imagem de Jesus Cristo jovem. em nós permanecem as palavras do Cardeal Baldisseri: ‘sentimos novos ventos na Igreja!'”

Da esquerda para a direita: Leandro (Argentina), Marina e Lucas (Brasil)

Conectado com o Sínodo, é a mais nova série do Jovens Conectados, gostaríamos que através dela você não perca nenhuma informação sobre esse momento importante para a Igreja no Brasil e claro, para nós Jovens! Os nossos correspondentes nos enviarão notícias todos os dias, por isso, fique ligado nas nossas redes!!!

Até a próxima!

Por Valesca Montenegro, Jovens Conectados